EXPOSIÇÕES

Exposições individuais e coletivas.

1964
Galeria de Arte do Recife

1965
Inauguração do Movimento de Arte da Ribeira

1966
Salão de Arte Popular. Natal. RN

Galeria Goeldi. Rio de Janeiro.

III EGBA. Escola de Belas Artes do Rio.

Primitivos Actuales de América. Madrid.

1967
Participa da Oficina 154.

1º Salão Esso de Artistas Jovens. MAM. Rio de Janeiro.

Gravura em metal com o professor Orlando da Silva

Salão Abril. Petite Galerie. Rio de Janeiro.

Arte Brasileira em Coleções Americanas. Ibeu. Rio de Janeiro.

Expõe com Grassmann, Babinsky e Darel. H. Stern. Rio de Janeiro.

Exposição Figura 6. Galeria G4. Rio de Janeiro.

1968
Concurso de caixas. Petite Galerie. Rio de Janeiro.

Executa entalhes para o Hotel Savoy de Copacabana. Rio de Janeiro

III Bienal Americana de Grabado. Chile.

XVI Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro.

1969
Manifestações de Arte Pública no Aterro. Rio de Janeiro.

XVII Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro.

II Salão Esso de Artistas Jovens. MAM. Rio de Janeiro.

1970
Três Aspectos del Grabalo Brasileno. Mostra itinerante pela América Latina.

XVIII Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro.

Galeria Irlandini. Rio de Janeiro.

Feira de Arte da AIAP. MAM. Rio de Janeiro.

1971
XIX Salão Nacional de Arte Moderna. Rio de Janeiro.

Brazilian Artists. Manheim Gallery. Londres.

Gravura Brasileira em Washington.

50 anos de Arte Brasileira. MAM. Rio de Janeiro.

1972
Individual Elvaston Gallery. Londres. Organização Peter Rosenwald.

Dix Artistes Brésilien. Galerie. Kasper. Suíça.

Anne Friebe Gallerie. Colômbia.

1973
A Biblioteca Nacional de Paris adquire uma gravura.

L’Estampe Contemporaine. Biblioteca Nacional Paris.

Individual Galerie Debret. Paris.

La Gravure Contemporaine. Musée d’Art Moderne de Paris.

1974
Interiorté / Naiveté. Galerie L’Oeil de Boeuf. Paris.

Formes et Couleurs du Brésil. Ccf. Paris e Marseille.

Brasilianischegeneralkonsulat. Munique.

1975
Ibero-club. Bonn-chez Claude et Bernard Bazin. Paris.

Restaura uma velha mansão em Conques-en-Rouergue.

1976
Atelier em Meudon, com Roseline Granet, Jean-Paul Riopelle.

Fondrerie Berjac. Bronzes de Miró.

1977
Retorna ao Brasil. Trabalha com o marchand Renato Magalhães.

Individual Galeria Gatsby. Recife.

1978
Artistas Exclusivos no Recife. Gatsby Arte.

35º Salão Paranaense. Curitiba.

Guaianases I – Abelardo Rodrigues. Galeria de Arte. Recife

1979
Individual Galeria Sergio Milliet. Funarte. Rio de Janeiro.

II Mostra Anual de Gravura. Curitiba.

Escultura Brasileira. Galeria Artespaço. Recife.

XXXII – Salão Oficial de Arte. Museu do Estado. Recife.

1980
Individual Galeria Artespaço. Recife.

Atelier José Barbosa. Museu de Arte Contemporânea. Olinda.

Coletiva Galeria Lautrémont. Olinda.

1981
Coletiva de Inverno. Galeria Lautrémont. Olinda.

Individual. Renato Magalhães Escritório de Arte. São Paulo.

3º Mostra do Desenho Brasileiro. Convidado. Curitiba.

1982
Panorâmica da Arte Atual de Pernambuco. Recife.

Aquarelas. Galeria Estampa. Rio de Janeiro.

1983
Coleção Abelardo Rodrigues de Artes Plásticas. MAC. Olinda.

Escultores de Pernambuco. MAC. Olinda.

VI Salão Nacional de Artes Plásticas. MAM. Rio de Janeiro.

1984
Nor-est du Brésil. Espace Latino-Americain. Paris.

Tradição e Ruptura. Fundação Bienal de São Paulo.

Esculturas, Entalhes e Pinturas. Galeria Artespaço. Recife.

Bienal de Cuba.

1985
Quadros premiados no Museu do Estado de Pernambuco de 1940 a 1985. Recife.

Coletiva Futuro 25. Recife.

1986
Coletiva Lautréamont. Olinda.

Individual Galeria Gamela. João Pessoal.

Individual Shopping Center Eldorado. São Paulo.

9º Salão Nacional de Artes Plásticas. Recife.

Recife 450 anos. Galeria Futuro 25. Recife.

Leilão Campanha pró-Arraes. Paris.

1987
L’Art Fantastiquen du Brésil. Paris.

Individual Galeria Montesanti-Roesler. São Paulo.

1988
A Mão Afro Brasileira. MAM. São Paulo.

1989
8º Mostra de Desenho Brasileiro. Curitiba.

Individual Galeria Artespaço. Recife.

1990
Arte sobre papel. Galeria Gamela. Paraíba.

Arte na Barbearia I. Olinda.

1991
Mostra temáticas organizadas pela Futuro 25. Recife.

Arte na Barbearia II. Olinda.

Complexo Cultural MAC. Olinda.

Arte catarinense na OEA. EUA.

1992
Visões de Fernando de Noronha. MAC. Olinda.

Individual Galeria Bonino. Rio de Janeiro.

1993
Coletiva Galeria Tina Zappoli. Porto Alegre.

1994
Um Olhar sobre os Trópicos. Projeto Cumplicadores. Museu de Teixeira. Vila Nova de Gaia. Portugal.

1996
Coletivas temáticas organizada pela Rodrigues Galeria de Arte. Recife.

2003
A Torre e o Tempo. 45º Salão do Estado de Pernambuco.

2005
Recife. 468 anos. Galeria Ranulpho. Recife.

2007
Novíssimos de Pernambuco. Galeria Ranulpho. Recife.

2008
Coletiva de outubro. Ranulpho. Recife.

Reabertura Galeria Lautréamont Olinda.

Oficina de Madeira. Facamp. Campinas

2009
Individual Galeria Jacques Ardies. São Paulo.